O sindicato dos Petroleiros do Amazonas (Sindipetro-AM) foi fundado em 1 de outubro de 1961 e reconhecido em 1962. E atua na defesa dos direitos e deveres da categoria petroleira do Amazonas entre aposentados, ativos e pensionistas do Sistema Petrobrás e petroleiros de empresas privadas.

Em 59 anos, o Sindipetro-AM esteve e continua na luta para garantir direitos a categoria, defender uma Petrobrás do povo e para o povo, uma empresa que invista em pesquisas e fontes de energia limpas, como o gás natural, e uma estatal que tenha responsabilidades ambientais em meio ao maior bioma natural do mundo, a Amazônia.

Na luta dos petroleiros, o Sindipetro-AM esteve com a categoria em ações coletivas e individuais e em grandes movimentos grevistas como, por exemplo, as greves de 1995 e 2020, conhecidas como duas das maiores greves da categoria. 

O Sindipetro-AM também está luta em defesa dos amazonenses, para que consumam matéria-prima com o preço justo e qualidade. 

Atualmente, o Sindipetro-AM é filiado à Federação Única dos Petroleiros (FUP) e a Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Sindipetro-AM

A luta do Sindipetro-AM vai além da defesa dos empregos e direitos dos petroleiros e petroleiras que estão na ativa e aposentados, seja diretos ou terceirizados. Estamos na luta contra a privatização da Petrobrás, uma das empresas com maior estratégica econômica para o Brasil. Estamos em defesa de uma Petrobrás para o povo, que disponibiliza matéria prima com preço justo, qualidade, que incentiva pesquisa, tem compromisso social, ambiental e está em defesa de um dos maiores patrimônios brasileiros para os brasileiros: o petróleo e o pré-sal.  
 
Marcus Ribeiro - coordenador geral do Sindipetro-AM

Fotos: Arquivo Sindipetro-AM  

É possível vender um gás a preço a justo. E para comprovar isso, o Sindipetro-AM realizou a campanha "Gás a preço justo" que subsidiou botijões de gás e foram vendidos por R$40, o preço que deveria ser vendido ao consumidor. 


A campanha foi realizada pelos sindipetros filiados a FUP e ocorreu durante a greve dos petroleiros de 2020 com o objetivo de alertar a sociedade sobre os preços abusivos. 

Acesse o nosso livreto e conheça um pouco mais sobre a Petrobrás 

© 2020 por Petrobrás Fica no Amazonas. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • YouTube